sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Os (novos) rumos da história

Bruce Corbitt, Transformation

Ano-novo se aproximando, e neste momento mágico do calendário, quando um tempo se esvai e outro ainda não começou, sinto uma vontade incontrolável de mudar, transformar, revolucionar, criar. Abandono medo e culpa, faço planos ousados para o futuro, antevejo revoluções, incêndios, jardins, motins, alpinismos, colos, viagens exóticas, conquistas, vales perdidos, olho no olho do amor, do diabo, da trapaça, da revelação...

Um laivo de realismo, algum fio de bom senso me levam a começar pelo pequeno: que tal mudar primeiro este blog, construído na cara e na coragem neste ano que se finda, quando eu era completamente analfabeta em todo e qualquer aspecto da blogosfera, e, numa vertigem, me joguei neste mundo virtual que agora, analfabeta apenas funcional, e louca de paixão não abandono mais por nada deste mundo? Gostei do tom amarelado que primeiro escolhi para o blog, parecia-me sóbrio, lembrava-me os velhos livros de meu pai, e também do marrom de suas vinhetas, capazes de me transportar a tintas de antigos tinteiros que nem sei se existiram. Mas este enredosetramas ficou foi ruim demais de ser lido, atravancado, com letras juntinhas, sem ar, luz nem espaço... E, ainda por cima, o Bernardo, em quem eu me apoiava porque tinha um blog do mesmo modelo do meu, de repente abandonou o barco, digo, o blog, mudando o dele!

Sabem de uma coisa? Se meu blog continuar assim, amarelo-livro-velho e marrom-tinteiro, daqui a pouco vai atrair teia de aranha e cheiro de creolina, por mais que eu me esforce para apresentar conteúdo atual, instigante, interessante, até mesmo sexy, fizer strip-tease, etc. Sabem de outra coisa? Revoluções começam em casa! Aux armes, citoyens!

Pronto, já fiz. Mudei o visual. Espero que gostem. Com o tempo deve ficar melhor, porque aos poucos irei aprimorando fontes e cores. Se não gostarem, vocês e eu estaremos lascados, porque eu não tenho a mínima idéia de como voltar ao visual anterior. Mas me conformo pensando que as mudanças da história nem sempre são para melhor, he he
ÓTIMO ANO-NOVO A TODOS!!!

7 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Querida Janaina, está belíssimo...Parabéns!... Boas Festas... Um abraço de amizade,
Fernandinha

valter disse...

Janaína,
andas com a vitalidade das mocinhas. Bravo!
Gostava demais do antigo leiaute, pque sempre tive um igual, aliás o Rodas Literárias tá lá igualzim e não vou mudar, não.
Mas, sei que é prá frente que se anda. Ano passado mudei o Perplexo. Encomendei pro Ery Roberto que é umcabra danado de competente e fez aquela coisa bonita de se ver. À época (nessa época do ano, por coincidência) fiz um post inaugural dizendo: "Porque o novo sempre vem" e botei a música do Belchior prá ilustrar.
Tudo isso prá dizer que ficou legal o teu novo visual. É isso mesmo, deu vontade muda.
Só para esclarecer as linhas finais do teu post, se não gostar volta pro anterior. Facinho, facinho.
Beijo, menina

miro paternostro disse...

pois eu adorei, bem mais leve! nota 1000.
beijinhos

Luli Facciolla disse...

Jana!
Ficou foi muito bom!

Beijos

Chorik disse...

Janaína, me dá uma vontade de mudar também, mas vou deixar para o carnaval. rs

comboio turbulento disse...

eu não conheci o antigo template mas este está muito bem. Os textos são de alguém que escreve bem. Anexei aos meus recomendados e vou passar a ser visita assídua. Obrigado.

KimdaMagna disse...

Mesmo na Teologia da cor o branco representa a pureza.
Além disso esta cor vai muito bem com a cor dos seus olhos arco-ris!
A história quando contada é sempre verdadeira e só na mudança cabe a vida.

Xaxuaxo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails