quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Num rumorejo alegre, a senhora e a menina



Ibeji*

Num rumorejo alegre
as moças cuidadoras
aveludaram a senhora

arrumaram seus cabelos
escolheram seu vestido
e pintaram suas unhas
cor de rosa.

Foi assim adocicada
que a mulher sentou-se
frente ao bolo perolado
entre firme e desvanecido
em cascatas de açúcar.

As velas pulsando 80
e o batuque vigoroso dos corações
bordeando a mesa
atordoaram a menina.

Os mais atentos viram,
apesar da inexatidão dessa hora,
quando ibeji ventou sorrindo
roubando doces da mesa
e fazendo brotar dos olhos dela
a nascente de um rio.
Martha Galrão

*Ibeji - é uma divindade ioruba, sempre representada por gêmeos, presente nos rituais brasileiros do candomblé; às vezes aparece como crianças. Simboliza os opostos que se complementam, a dualidade que caminha junta.


Conheci os poemas de Martha Galrão no seu blog,
Maria Muadiê. Fiquei cativa dos seus poemas de forte influência afro-baiana, das misturas de temas abstratos com assuntos cotidianos, e das surpresas que sua sensibilidade de mulher nos apronta. “Ibeji” reúne isso tudo, além de me remeter, com ou sem razão — afinal, quem domina as próprias associações? —, ao conto “Feliz Aniversário”, de Clarice Lispector. Uma amostra da poesia sensível e contemporânea desta poeta baiana.
Imagem daqui.

18 comentários:

Anônimo disse...

Como este poema sabe à minha África natal!
Maria Clara Mourinho, uma angolana que hoje vive triste em França

ADRIANO NUNES disse...

Cara Janaína,


Muito bom!


P.s.: ainda me encontro viajando e sem muito tempo de frequentar os blogs de que gosto. Volto agora em fevereiro.


Grande abraço,
Adriano NUnes.

Nydia Bonetti disse...

A poesia de Martha tem mesmo um rítmo que remete à mãe Àfrica. Como é bom encontrar poetas com personalidade, daqueles que possuem o que Mário Quintana chamava de "uma vóz identificável, dentre tantas". Muito bom. Beijo, Janaína!

Aninha Pontes disse...

Jana querida, aqui sempre se aprende.
Aqui sempre temos coisas novas e bonitas, que nos fazem pensar.
Um beijo querida.

Ateliê Tamaia disse...

Também me remeteu imediatamente ao conto de Clarice! Obrigada por me apresentar esta poeta. Ficarei atenta a ela e a seu blog.

KImdaMagna disse...

...subscrevo totalmente o que disse da Muadié.Ela tem sangue africano correndo nas pontas dos dedos...

xaxuaxo

Jefferson Bessa disse...

Muito bom, Janaína! A beleza da última estrofe surge como "a nascente de um rio".

Abraços.


Jefferson.

cirandeira disse...

Sempre gosto do que postas por aqui, Janaína. Mas ultimamente tenho gostado mais ainda! Parece que os "ventos" te trouxeram mais afiada, mais inspirada. Esse "rumorejo" de Martha é simplesmente fantástico:sacode,balança, e nos arrasta num verdadeiro vendaval poético.
Obrigada pela postagem e por nos dar o endereço dela.Passarei por lá brevemente.
Bjs

Maria Muadiê disse...

Jana,estou feliz e emocionada.
obrigada, gente.
um beijo

Maria Muadiê disse...

PS: Que foto linda!

Jorge Machado disse...

Gostava de saber se a poeta tem livro publicado.

Ana Tapadas disse...

A africanidade e a troplicalidade são dois semas literários maravilhosos. Aqui está um exemplo lindo.
beijo

Barbara disse...

AOS IBEJIS, AXÉ!

Sandokan disse...

Os grandes feitos são conseguidos não pela força, mas pela perseverança. Só precisamos de ter força para começar as nossas tarefas, perseverança para não parar no meio, inteligência para terminar e humildade para ver que ficou muito bom e não nos gabarmos.
Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado. Acredita em ti própria, pois é só tu que te podes alto julgar. Ousa, arrisca e nunca te arrependas. Não desistas jamais e aprende a valorizar quem te ama, esses sim merecem o teu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguém nunca precisou de restos para ser feliz. As flores mais bonitas não são aquelas que estão no teu caminho, mas sim aquelas que nasceram depois da tua passagem.
Desejo-te um fim-de-semana repleto de alegrias.
JC

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Martha é excelente!!! Uma poeta cheia de coisas lindas.
Saravá!
Kandandu mwangolé!

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Vou pegar este poste para colocar em Cores & Palvras, posso??

Obrigado e kandandu

Janaina Amado disse...

Namibiano:Pode, sim. Gostaria apenas que citasse a fonte. Abraços.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Amiga já foi publicado e obrigado pela autorizacao. Nao se preocupe que a fonte foi repeitada.
Kandandu

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails