segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Não conseguir parar de ler



Já falei da delícia que é a leitura dos três volumes da coleção Milênio, escritos pelo sueco Stieg Larsson: Os homens que não amavam as mulheres, A menina que brincava com fogo e, recém traduzido no Brasil, A rainha do castelo de ar, todos pela Companhia das Letras. O autor, Stieg Larsson, morreu assim que entregou à sua editora o terceiro volume, aos 50 anos de idade. Sensacionais, inteligentes, com personagens incríveis — especialmente a hacker Lisbeth Salander —, os livros contêm histórias e intrigas contemporâneas que nos envolvem completamente, a ponto de não conseguirmos largá-los (isso, apesar dos inícios lentos, especialmente o do primeiro volume). Como disse uma amiga, o único defeito deles é nos tornar antissociais. Leiam o que mestre Vargas Llosa escreveu sobre estes livros como também sobre a natureza do gênero romance:

Acabo de passar umas semanas com todas as minhas defesas críticas de leitor arrasadas pela força ciclônica de uma história, lendo os três volumosos tomos de Milênio, umas 2.100 páginas, a trilogia de Stieg Larssson, com a felicidade e uma excitação febril com que, quando criança ou adolescente, li a série de Dumas sobre os mosqueteiros ou as novelas de Dickens e de Victor Hugo, perguntando-me a cada virada de página “E agora, o que vai acontecer?”, e demorando a leitura pela angústia premonitória de saber que aquela história vai terminar logo, deixando-me órfão. Que melhor prova de que o romance é o gênero impuro por excelência, o que nunca alcançará a perfeição que pode chegar a ter a poesia? Por isso é possível que um romance seja formalmente imperfeito, e, ao mesmo tempo, excepcional. Compreendo que a milhões de leitores do mundo inteiro ocorreu, está ocorrendo e vai ocorrer o mesmo que a mim, e somente deploro que seu autor, esse infortunado escritor sueco Stieg Larsson, tenha morrido antes da saber da fantástica façanha narrativa que realizou.
Mário Vargas Llosa

12 comentários:

cirandeira disse...

Olá Janaína, acabei de ler teu comentário no blog. No dia 08 de setembro fiz uma postagem sobre Jacinta Passos, tua mãe. Não sei se chegaste a ver...E então, o livro dela vai sair mesmo? Gostaria que me avisasses, se for possível. Gostaria também que me falasses alguma coisa sobre a postagem que fiz, se cometí algum erro, alguma incorreção, enfim.
Confesso que ainda não conheço nada sobre esse autor que falas tão bem. Vou procurar por aqui.
Um abraço
P.S: teu outro blog já está incluído lá na "minha lista de blogs"

Ana Cecília disse...

Jana, obrigada pela dica do livro. Vivo procurando livros assim para ler - tem coisa melhor do que ser "abduzido" por um bom livro?
grande abraço.

ADRIANO NUNES disse...

Cara Janaína,

Mário Vargas é um crítico atento ao que é bom. Basta que seja lido o seu livro "A Verdade das Mentiras", excelente livro crítico que recomendo enfaticamente. Sendo assim, vamos atrás da trilogia e lê-la integralmente! Obrigado pela dica preciosa!


Grande abraço,
Adriano Nunes.

cirandeira disse...

Pois é, Janaína, essa blogosfera tem dessas "coisas". Ficamos sem saber se é falha nossa, ou deles!
Aconteceu a mesma coisa com outro comentário q foi feito no blog, semana passada. Simplesmente SUMIU!
Lí um trecho do comentário, ví de quem era e ao clicar para publicá-lo, ele desapareu! Por isso fiz questão de saber.
Que bom que tenhas gostado. Tive muita satisfação em prestar essa homenagem, mais do que merecida.
Grande abraço

dade amorim disse...

Ainda náo li nem um volume da trilogia, e agora, depois desse seu post, acho que vou tomar jeito e abrir o primeiro e começar logo.

Quanto aos links, fique à vontade. Qualquer link em seus blogs me dá grande alegria.

Beijo pra você.

Luli Facciolla disse...

Nossa! Tenho que ir correndo comprar os meus! A trilogia completa logo!

Valeu a dica!

Beijo

Nydia Bonetti disse...

Também não lí, Janaina, mas ainda ontem resolvi que preciso ler mais. Então já sei o que ler agora, vou correndo procurar. beijo.

Tiago Buckowsky Xavier disse...

Meu pai chegou hoje do aeroporto com este livro debaixo do braço. disse que queria ler, assim que ele terminasse. Ele disse que tenho que ler os outros dois primeiro. Como estou com outras obras na cabeceira, vou deixar essa trilogia para depois. Mas é uma ótima dica.

claudio rodrigues disse...

Oi , Jana. To louco pra ler essa trilogia. Teu post só me deu água na boca. Com tese sendo concluída, nao consigo ler o que me dá prazer. mas essa já tá na minha lista. Beijo de boa semana.

Georgia disse...

Eu vou comecar a ler o segundo daqui a pouco.

Bjus

traposcoloridos disse...

Jana: essa semana ví que tinham lançado o terceiro millenium aqui no Brasil... fiquei doidinha pra ler. os dois primeiros são deliciosos.

Beijim
Mary

Julia disse...

Essa trilogia é fantastica. posso dizer, que sao os melhores livros que ja li.. Parabens pela dica

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails