quinta-feira, 17 de setembro de 2009

É o mar, é o mar, é o mar

Há dias em que ganhamos presente inesperado e belo, que nos comove. Hoje recebi um presente assim: este lindo soneto sobre o mar (de Maragogi) e sobre a relação do autor com o mar, escrito pelo poeta amigo Adriano Nunes, aquele que vive em versos, e dedicado a mim. Muito obrigada pela delicadeza, Adriano. Identifiquei-me com seu poema, pois tenho uma relação profunda, visceral, com o mar. Nasci no mar, vivo de mar, me alimento de mar, sou irresistivelmente atraída pelo mar: Janaína.
Maragogi
(Para a escritora Janaína Amado)
Agora Maragogi,
Agarro-me todo ao mar.
Aguento-o. Por tudo amar,
Água, sal, Sol, convergi
Ao teu brilho, abrindo o céu,
Abrigando todo o ver-
So: prata praia, rever-
Tendo-me em miragem, céu
No mar, mergulho profundo
Na paisagem, pensamento,
De passagem pelo mundo,
Ambíguo, grande tormento
Em que meus olhos circundo,
Prisma com que me alimento.
Adriano Nunes
*Imagem: o lindo litoral verde de Maragogi, no extremo norte do Estado de Alagoas, com suas piscinas naturais e seu fascínio.

10 comentários:

cirandeira disse...

Quanto privilégio Janaína! Receber um poema tão lindo quanto a imagem
de Maragogi.
Parabéns ao poeta Adriano.
E parabéns pra ti também, por merecê-lo!
Bjs


P.S.: amanhã,dia 18/9, o "cirandeira" completará 1 ano de existência! Com muitos tropeços, muitos errinhos,mas vem sobrevivendo.
Vou oferecer uma "salada artística". Se quiseres comparecer,terei muito prazer...

xoogle disse...

Nossa... vocês são todos escritores de mão cheia... me sinto pequeno ao lê-los... rsss

Ana Tapadas disse...

Fotografia de um lugar tão lindo!
Soneto merecido para uma senhora excelente!
Desculpa a ausência. No meu blogue explico o motivo.
Tudo voltou ao normal.
Beijinho e bom sábado

ADRIANO NUNES disse...

Cara amiga Janaína,


Fi-lo para você e agora o é plenamente seu! Grato pela publicação!


Grande abraço,
Adriano Nunes.

KImdaMagna disse...

... bastante " terra a terra" este Mar.
Poesia de olfacto e ver.

xaxuaxo

Aninha Pontes disse...

O poema é lindo.
A imagem é maravilhosa.
E a alegria de minha amiga, deve ter sido também linda.
Um beijo querida.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tucha disse...

Lindo presente poético. Também amo o mar, digo como um poeta baiano: Na terra que o mar não bate não bate meu coração...

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Janaina, lindo o poema e o MAR... lindo e de uma cor que dá vontade de se beber!
Deixei recado para vc lá no meu blogue.
Kandandu

Georgia disse...

Lindo demais! Que mar tao azul e tao poético.

Abracos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails